Imprimir Fechar
Sapiranga, 22 de May de 2019
Estamos pesquisando sua consulta.
Por favor aguarde alguns instantes!
conteúdo

Férias escolares: mais de 11 mil alunos da Rede Municipal entram em recesso

Ensino Fundamental já está em férias e Educação Infantil inicia no próximo dia 28
Redator: Fonte: Departamento de Comunicação 27/12/2018
Está aberta a temporada de férias escolares em Sapiranga. O ano letivo de 2018 está encerrando para mais de 11 mil estudantes da Rede Municipal de Ensino. São 8.404 alunos do Ensino Fundamental que já entraram em férias, e 3 mil da Educação Infantil que entrarão em recesso nesta sexta-feira, 28 de dezembro. O retorno do ano letivo será em fevereiro de 2019. A Educação Infantil retorna às aulas no dia 11 e o Ensino Fundamental no dia 20. Neste ano, os alunos não terão atividades recreativas nas férias escolares. 


Rede Municipal de Educação de Sapiranga finaliza o ano entre as melhores do Vale do Sinos

Quando o assunto é destaque em educação, Sapiranga sempre está em evidência. E neste ano foram diversas as premiações, como nas Olimpíadas de Matemática e Astronomia, Mostratec Júnior, Febrace e Paralimpíadas. Além disso, Sapiranga também se destacou no Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (Ideb), mostrando que a Cidade das Rosas tem um dos melhores índices de qualidade de educação do Vale do Sinos. 

Na 14.ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) Sapiranga recebeu pela primeira vez uma medalha de ouro nesta que é a mais reconhecida competição de matemática estudantil do País. Além do ouro, Sapiranga conquistou medalhas de prata, bronze e 50 menções honrosas. Mas não foi somente na Olimpíada de Matemática que os alunos sapiranguenses mostraram suas competências. Quando se tratou de planetas, estrelas e Universo, Sapiranga também recebeu medalha de ouro. A 21.ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, que ocorreu no dia 18 de maio, envolveu 774.232 alunos de todo o Brasil. A premiação foi conquistada pela aluna Patrícia Gabriela Corrêa, do Centro Municipal de Ensino (CME) Ayrton Senna.

Na Mostratec Júnior, Sapiranga foi novamente destaque. Ao todo 25 alunos da Rede Municipal participaram. A premiação de quarto lugar na categoria 3 (7.° e 9.° ano do Ensino Fundamental), ficou com as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) Maria Emília de Paula e 28 de Fevereiro, e Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Pedro Lenz. Já na categoria 1 (1.° ao 3° ano do Ensino Fundamental), o segundo lugar ficou com a EMEF Maria Ruth Raymundo. A EMEF Maria Emília de Paula também levou o Prêmio Ler. E no início de 2018 dois alunos da Rede Municipal de Ensino participaram da Febrace e foram contemplados com uma Bolsa de Iniciação Científica Júnior do Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPq) com o valor de 100 reias mensais, durante 12 meses, para continuar desenvolvendo a pesquisa. 

No esporte, Sapiranga também garantiu o pódio. Sete alunos representaram a Cidade das Rosas nas Paralimpíadas Escolares de 2018 e voltaram para casa com medalhas de ouro e bronze, além de uma grande experiência na bagagem. Um dos destaques foi o aluno Higor Camargo Farias, da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Waldemar Carlos Jaeger, que conquistou duas medalhas de ouro, uma no salto em distância e outra na prova de 250 metros rasos. As Paralimpíadas Escolares são consideradas o maior evento do mundo para pessoas com deficiência em idade escolar.
E quando se trata da qualidade de ensino, Sapiranga também é destaque. Nos resultados do Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (Ideb), a cidade obteve um dos melhores índices relativo aos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, que foi de 6.4, batendo a meta estipulada que era de 6.2 e muito próxima da meta estipulada para 2021, que é de 6.7, mostrando estar entre as melhores do Vale do Sinos. Em relação às outras escolas municipais do Brasil e do Rio Grande do Sul, nos anos iniciais, Sapiranga também se destaca. Enquanto o Município figura com 6.4, a média nacional no País e no Estado foi de 5.6. Sapiranga também obteve um dos melhores índices dentre as cidades da região, figurando com 6.4. A Cidade das Rosas obteve melhor colocação que as vizinhas Araricá (6.3), Nova Hartz (6.0), Lindolfo Collor (6.0), Parobé (6.0) e Taquara (5.8). O Município também teve melhor nota que  cidades maiores como Novo Hamburgo (5.9), São Leopoldo (5.3) e Canoas (5.1). 

Esses bons resultados, segundo a prefeita Corinha Molling, se devem aos investimentos que a Administração Municipal realiza na área educacional. “O Município tem investido e oferecido formação continuada aos professores da rede, assim como suporte pedagógico às equipes diretivas. Além disso, cabe ressaltar que os professores da Rede Municipal são concursados, o que representa um ganho para a qualidade do trabalho que é desenvolvido nas escolas. Isso permite uma continuidade no trabalho realizado”.

Fotos: Comunicação
voltar