Imprimir Fechar
Sapiranga, 23 de setembro de 2017
Estamos pesquisando sua consulta.
Por favor aguarde alguns instantes!
conteúdo

OBRA - EGR prevê construção nas laterais da RS-239 já neste segundo semestre

Prefeita Corinha participa do ato oficial de assinatura do edital para contratação dos projetos
Redator: Departamento de Comunicação Fonte: Prefeitura de Sapiranga 07/07/2017
A construção de ruas laterais na RS-239 entre os quilômetros 25 e 26, na Vila Irma, e no quilômetro 28, junto ao viaduto do bairro São Luiz até as imediações do Arroio Sapiranga, foi confirmada hoje com a solenidade de assinatura do edital para contratação dos projetos da obra. A prefeita Corinha Molling, que desde de 2013 vem cobrando obras na rodovia, participou do ato que ocorreu na Câmara de Vereadores de Sapiranga nesta manhã de sexta-feira, 7 de julho, com a participação de lideranças políticas, como o deputado estadual João Fischer e o presidente da Câmara sapiranguense, o vereador José Aristides Figueiró de Moura, e da direção da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), representada pelo seu diretor presidente Nelson Lidio Nunes.

A prefeita Corinha destacou a parceria do Estado e a mobilização política pelas obras, e ressaltou que é a primeira conquista em busca de mais segurança na rodovia, lembrando a importância da construção de passarelas no trecho sapiranguense.  
 
 CONQUISTA 

Serão dois novos trechos de ruas laterais na RS-239, em Sapiranga. O primeiro será entre os quilômetros 25 e 26 da rodovia, no trecho do bairro Vila Irma. O segundo, no km 28, será entre a Rua Chaves Barcelos  e a ponte sobre o Arroio Sapiranga, com extensão de 580 metros.

A prefeita Corinha considerou o  ato uma conquista do Município, que algum  tempo já reivindicava as  obras de melhorias na 239. ''Assisti esta rodovia nascer em Sapiranga, antes mesmo quando só existia o chão batido. A busca por  melhorias é uma constante batalha. Hoje, fico feliz e tranquila  porque  o atual  governo está olhando  para o nosso Município. Esta assinatura significa um avanço de uma luta antiga, que ainda precisa avançar. É preciso valorizar este  dinheiro arrecadado na EGR, melhorando a vida, e com mais segurança às  comunidades”, destacou.   
 
 RECURSOS DO PEDÁGIO 

O diretor-presidente da EGR, Nelson Lidio Nunes, disse que os investimentos serão possíveis com os recursos arrecadados na praça de pedágio de Campo Bom. ''Descontados custos administrativos, como folha de pagamento de funcionários, os recursos são direcionados às melhorias, manutenção e limpeza de rodovias”.

Nunes  reconheceu os problemas com a RS-239, em Sapiranga, e a necessidade em saná-los. “Sabemos da urgência e  importância em resolver as reivindicações  da prefeita Corinha. Para isso, estamos publicando na segunda-feira, 10 de julho, os editais para a construção das ruas laterais na rodovia, e em 30 dias receber as propostas das empresas”, afirmou. A previsão é que os trabalhos iniciem neste segundo semestre.

O ato também contou com a presença do diretor administrativo-financeiro da EGR, Ney Michelucci; de Eloi de Paula representando o secretário estadual da Fazenda, Giovani Feltes; do 3.º sargento Fernando Mujica dos Santos, representando a Polícia Rodoviária Estadual de Sapiranga; além de vereadores, representantes de associações e comunidade.
voltar