×

Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)

A +

A -

Padrão


Original

Contraste
Serviços

Campanha Outubro Rosa encerra com centenas de atendimentos e exames realizados em Sapiranga


Sapiranga encerrou a Campanha do Outubro Rosa com ótimo alcance entre as mulheres, com dezenas de atendimentos e exames realizados. A Secretaria de Saúde reforça a importância do autoexame e da coleta do pré-câncer e salienta que o agendamento de consultas segue ocorrendo durante todo o ano. Durante o Outubro Rosa, foram realizados exames também em empresas parceiras, totalizando 629 mamografias solicitadas, 895 coletas de Papanicolau, 2.054 testes rápidos e 859 consultas de Ginecologia. Ainda 15 colposcopias, 11 inserções de DIU e 7 cauterizações.

 

Diagnóstico precoce

O diagnóstico precoce contribui para a redução do estágio de apresentação do câncer. É importante que médicos e mulheres reconheçam os sinais e sintomas que podem indicar um câncer de mama, assim como o acesso rápido e facilitado aos serviços de saúde, tanto na atenção primária quanto nos serviços de referência para investigação diagnóstica. São considerados sintomas ou sinais suspeitos de câncer de mama:

• Qualquer nódulo mamário em mulheres com mais de 50 anos.

• Nódulo mamário em mulheres com mais de 30 anos, que persistem por mais de um ciclo menstrual.

• Nódulo mamário de consistência endurecida e fixo ou que vem aumentando de tamanho, em mulheres adultas de qualquer idade.

• Descarga papilar sanguinolenta unilateral.

• Lesão eczematosa da pele que não responde a tratamentos tópicos.

• Homens com mais de 50 anos com tumoração palpável unilateral.

• Presença de linfadenopatia axilar.

• Aumento progressivo do tamanho da mama com a presença de sinais de edema, como pele com aspecto de casca de laranja.

• Retração na pele da mama.

• Mudança no formato do mamilo.

É importante a realização do autoexame e, ao identificar qualquer alteração na mama, a mulher, em qualquer idade, procure esclarecimento médico. A mamografia de rotina é recomendada para as mulheres de 50 a 69 anos.

Já o câncer de colo de útero se caracteriza pela reprodução desordenada do epitélio que reveste o órgão, podendo invadir estruturas e órgãos próximos e também distantes do útero.

 

Como Prevenir o Câncer de Colo de Útero

• Preservativo – o uso da camisinha pelo homem durante a relação sexual com penetração só protege parcialmente do contágio pelo HPV, pois também pode ocorrer transmissão pelo contato com a pele da vulva, região perineal, perianal e bolsa escrotal. O uso da camisinha feminina oferece uma proteção maior.

• Vacinação contra o HPV – o Ministério da Saúde implementou a vacina tetravalente contra o HPV para meninas de 9 a 13 anos de idade, que protege contra os subtipos 6, 11, 16 e 18 do HPV. Os dois primeiros subtipos causam verrugas genitais e os dois últimos são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer do colo do útero.

• Exame Papanicolau (CP) – o exame preventivo é recomendado para mulheres de 25 a 64 anos que têm ou já tiveram atividade sexual. Os dois primeiros exames devem ser feitos com intervalo de um ano. Se os resultados forem normais, passará a ser feito a cada três anos. Mesmo as mulheres vacinadas deverão realizar o exame, pois a vacina não protege contra todos os subtipos oncogênicos do HPV.

 

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados à Prefeitura de Sapiranga/RS

topo