×

Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)

A +

A -

Padrão


Original

Contraste
Notícias

Servidores da educação participam de treinamento sobre primeiros socorros

Data de publicação: 11 de setembro de 2019
Fotos: Departamento de Comunicação
Crédito da notícia: Departamento de Comunicação



Iniciou na noite desta terça-feira, 10 de setembro, um treinamento de primeiros socorros para profissionais da educação que atuam nas escolas da rede municipal de ensino e também na Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desporto. A capacitação atende determinação da legal proposta pela Lei 13.722 de 2018, conhecida como Lei Lucas, a qual determina que instituições públicas e privadas da educação básica capacitem professores e funcionários para prestar primeiros socorros, quando necessário, em seu corpo discente. Todas as etapas dos treinamentos acontecerão no Auditório Jacobina Maurer e são ministrados pelo Corpo de Bombeiros de Sapiranga.

 

Teoria e prática

A capacitação, que ocorrerá até outubro em diferentes datas, compreende teoria e prática. Os participantes recebem informações sobre como agir em situações de emergência como quedas, queimaduras, engasgos, entre outros. Após os instrutores demonstrarem em bonecos as técnicas a serem utilizadas em determinadas situações, os integrantes são convidados a testar os ensinamentos dos cursos e realizar as manobras nos bonecos.

 

“Lei Lucas”

Sancionada em 2018, a Lei nº 13.722/2018, conhecida como Lei Lucas, foi criada para homenagear o estudante Lucas Begalli Zamora, de 10 anos, que em 2017 faleceu após engasgar durante um passeio promovido pela escola em São Paulo. A proposta determina que instituições públicas e privadas da educação básica capacitem professores e funcionários para prestar primeiros socorros, quando necessário, em seu corpo discente.

A lei prevê punições para as instituições que descumprirem as regras, desde notificação, multa e até cassação do alvará ou responsabilização patrimonial. As normas estabelecidas também são válidas para espaços de recreação infantil. Os cursos para estas situações de emergência devem apresentar conteúdo condizente com a natureza e faixa etária do público atendido pela escola ou estabelecimento de recreação. O objetivo é que os profissionais que constantemente lidam com crianças tenham a capacitação necessária para atuar em situações de emergência e evitar que mais casos como o de Lucas aconteçam.

 

Agenda de treinamentos

1109 - 18h30

02/10 – 18h

08/10 - 18h

15/10 - 18h

© Copyright 2019 - Todos os direitos reservados à Prefeitura de Sapiranga/RS

topo