Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

Ctrl + 1 (menu) Ctrl + 2 (conteúdo) Ctrl+ 3 (busca) Ctrl + 4 (mapa) Ctrl + 0 (acessibilidade)

A +

A -

Padrão


Original

Contraste
menu
×
Notícias

Curso de apicultura do Cemeam ensina o manejo correto e cuidados necessários para ter abelhas

Data de publicação: 20 de outubro de 2021
Fotos: Departamento de Comunicação
Crédito da notícia: Departamento de Comunicação

Estimular a produção de mel de maneira correta é o que ensina o Curso de Apicultura – Manejo Básico, realizado no Centro Municipal de Estudos Ambientais (Cemeam) em Sapiranga. A formação faz parte da programação de cursos gratuitos oferecidos através da parceria da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, com o Sindicato Rural do Vale do Paranhana e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). O curso de manejo básico de apicultura e desenvolvimento de enxames, coordenado pela instrutora do Senar, Maristela Krügel, teve aula prática na propriedade de Sérgio Kohl, no Morro Ferrabraz, nesta quarta-feira. “O curso fala sobre as abelhas com ferrão. É um curso de apicultura e manejo básico. Os alunos estão aprendendo a biologia do inseto, o local adequado para instalar um apiário e também sobre as doenças e a alimentação.

As aulas ocorrem de 19 a 22 de outubro (32 horas de curso) e têm a participação de nove alunos de Sapiranga e região. “Neste momento, os alunos precisam entender como funciona a colmeia e quais são os indivíduos que tem lá dentro; o ciclo de desenvolvimento deles e quais as suas funções. Se vou começar a apicultura, preciso saber como vou iniciar. Se preciso capturar o enxame ou transferi-lo de local, analisar a florada e todas as possibilidades...Como a gente vai proceder nesse início”, explica Maristela.

 

MÓDULO AVANÇADO

No módulo avançado, os alunos aprendem sobre o manejo de colmeias, destaca a instrutora Maristela Krügel. “Se eu tenho um enxame e quero aumentar meu apiário? Como que a gente divide um enxame?  Se o enxame não progride? Como que a gente faz isso e qual a melhor época? Então é isso, o avançado trabalha essas questões, com o manejo propriamente dito.”

A coordenadora do curso reforça que os participantes estão aprendendo a entender esse universo, para poder explorar os manejos da melhor maneira possível. “Muitos deles já têm abelhas mas não sabem como fazer. Geralmente retiram a melgueira para extrair o mel, devolvendo a melgueira e fica nisso. Mas lá embaixo, precisa olhar também. Por isso eles estão fazendo o curso, para aprender o processo de forma correta.”

 

PROJETO DE FUTURO

O produtor de mel de abelhas sem ferrão (produzem até 3 litros de mel ao ano) pode faturar até 250 reais pelo quilo do mel. “Eu crio abelha, porém nunca havia feito um curso. Procurei este curso para saber melhor o processo de criação de abelhas. Está dando muito benefício para mim e é bem gratificante. Em um dia de curso já aprendi bastante coisa. Por enquanto estou tirando mel para consumo próprio e da família e também distribuo para amigos. Nosso projeto de futuro é comercializar o mel produzido na nossa propriedade, por isso estou fazendo o curso. É importante aprender de forma correta e saber o que pode ou não contaminar o mel. Precisa ter a ajuda de um profissional para orientar a gente”, disse Marili Griep, moradora do bairro Centenário.

Já o aluno Anderson Costa, morador do Morro Ferrabraz, destaca a importância do curso para o trabalho realizado junto com seu vizinho que é apicultor. “Ele fornece mel para as escolas do município através do Programa PAA, além da banca na Feira do Agricultor. Estou fazendo o curso para poder fornecer informações precisas aos consumidores. Unimos a experiência dele com o meu conhecimento adquirido aqui no curso. Desta forma, podemos oferecer um produto de qualidade. Meu projeto futuro é criar abelhas nativas sem ferrão. O mel nativo de abelha sem ferrão tem maior valor agregado, além de possuir mais propriedades medicinais."

 

FONTE DE ENERGIA

De acordo com a nutricionista da Secretaria Municipal de Educação, Amanda Jung, o mel é um alimento rico em açúcares e carboidratos, por isso é uma excelente fonte de energia. Mas também é bastante calórico: em uma colher (de sopa) rasa, cerca de 15 g, há 206 kcal e 12,1 g de carboidratos. Fonte de agentes antioxidantes, minerais como cálcio e potássio, além de vitaminas do complexo B, A e C, o mel é um bom alimento para proteger o nosso sistema imunológico, deixando o organismo livre de gripes, resfriados e outras doenças. Alguns estudos indicam que o mel também possui ação antimicrobiana e prebiótica (que incentiva o desenvolvimento e a proliferação de bactérias boas).

 

CEMEAM

O Centro Municipal de Estudos Ambientais de Sapiranga (Cemeam) desenvolve diversos projetos para a comunidade, sempre com temas variados. Ele está situado na divisa entre as zonas urbana e rural do Município de Sapiranga, na Rua São Jacó, 2741, no bairro Ferrabraz. Por meio dos cursos do Cemeam, a comunidade pode se aperfeiçoar na sua profissão ou até mesmo aprender algo novo para melhorar a renda mensal. Neste ano, a instituição já realizou os cursos propriedades específicas das ervas, operação e manutenção de motosserra, criação de peixes de água doce, artesanato patchwork, unindo retalho de tecidos e artesanato, tingimento e pintura de tecidos.

O próximo curso será introdução à costura e transformação de peças do vestuário (customização), e ocorrerá de 16 a 19 de novembro.

© Copyright 2021 - Todos os direitos reservados à Prefeitura de Sapiranga/RS

topo